Eu sei o que vocês fizeram no verão passado...


Não, não vou falar sobre o filme, mas sim de algo que aconteceu comigo, mais precisamente no dia 11 de Maio de 2011. (é sei a data, aliás não só a data, fiz registros fotográficos, aliás as câmeras da rua registraram o outor da marmotagem, mas isso não mostrarei aqui, não quero poluir minha colmeia)


Dia desses estava eu feliz da vida indo até a casa do meu namorido, quando na esquina, eis que me deparo com o seguinte "presentinho":


Sabe de primeira não quis acreditar que as pessoas se prestam a este papel, perderem seu tempo colocando uma porcaria dessas na porta dos outros, ou melhor, na esquina alheia.
Claro que a principio, poderia ser muita pretenção minha achar que tivesse sido enviada para nós, óbvio  que  fomos consultar os buzios, e a confirmação veio.

Só posso sentir pena que pessoas desesperadas recorram a isto. 
São coitadas que não tem mais o que fazer, já perderam muita coisa e chegam a este ponto. 
Derrepente o furacão as assolam, e o orgulho é tanto, que não imaginam que o culpado disso tudo é somente eles mesmo. O que fazemos aqui, pagamos aqui.

Mas é claro, porque tentar mudar suas atitudes, quando é mais fácil acusar o outro?
Dai com sua infinita arrogância continuam a fazer me$$@ na cabeça dos outros, distruindo famílias e vidas, ainda com tudo isso, acreditam que a culpa dos seus problemas é o outro.

E o que fazer para punir o "culpado" por tudo isso:
Vamos tirar a vida de um animal para fazer uma macumba marmota, contra os inimigos...

Fala Sério!!!
É por essas e outras, que o candomblé é tão regeitado. 
Por causa desses marmoteiros é que a religião está sendo perseguida.

Porque vamos combinar, precisa de tudo isso???

Tenho certeza que não.
Eu não tiraria a vida de um animal para prejudicar ninguém, aliás não perco meu precioso tempo para tal.

Depois eu tenho que ouvir as frases marmotistíca:
O candomblé não é para todos.
Não existe o errado, só o diferente.

Faz me rir, cara pálida!!!


* A imagem a seguir foi sensurada, por conter cenas fortes*

Que cada um receba na medida que dão.

P.S.: É tão fácil perseguir mulheres e crianças, porque agora ninguém persegue aquele ao qual persuadiu para ser o perseguidor. Seria medo? Caganhão?

6 comentários:

Ilé-ọba Óbokún Àṣẹ Nàgó'Kọbi disse...

Sabe, eu imagino que um bom sacerdote não é aquele que fica nas encruzas despachando criatividade e lixo, um bom sacerdote é aquele que consegue formar o bom caráter dos seus iniciados, porem para poder formar o bom caráter de alguém é necessário que se tenha bom caráter.......

Anônimo disse...

nossa quem foi o marmota que fez isso que coisa feia deve ser o cú do galinho kkkkkkk que tem de marmoteiro que incorpora não faz nen 1 ano que se acha o tigrão e é bambi kkkkkkk e os bambis que querem ser tigrão lkkkkkkkkkkkkkk
vc vai evr que é macumba kkkkkkkkkkkkk vou pegar um bambu para colocar no rabico deles kkkkkkkkkkkkkkk beijos

Abelhuda disse...

Querido Ilé-ọba Óbokún Àṣẹ Nàgó'Kọbi,

Seja muito bem vindo a minha colmeia, sinta-se em casa.

Concordo plenamente com seu sábio comentário. Se todos os zeladores tivesse essa sabedoria não teria vidas sendo destruidas dessa forma. Não teria a imagem do candomblé tão deturpada assim, não teríamos tantas perseguições... É lamentável.

Um grande abraço.
Abelhuda

Abelhuda disse...

Caro Anônimo,

Por favor, ficaria imensamente grata se você se identificasse. Estamos em um país livre, temos liberdade de expressão, então não se sinta tímido, mostre quem é o autor de tão divertido comentário.

Embora já tenha desconfiança de quem seja, seria mais verdadeiro uma assinatura sua. Afinal de contas, não podemos nos esconder, não devemos ficar no anônimato quando temos opiniões sobre qualquer assunto.

Peço ainda, por favor que não coloque palavras tão fortes, não precisamos disso, não nos rebaixemos tal qual nossos perseguidores.

Um grande beijo e sinta-se sempre bem vindo a comentar na minha colmeia, que a magia irradie sua vida.

Abelhuda
8)

Anônimo disse...

Nossa que desespero desses marmoteiros, mas vc abelhuda conseguiu deixar a marmotagem mais ridicula do que é kkkkkkkkkk
meu depois dessa eu me matava :)

Abelhuda disse...

Caro "Anônimo"...

Ao contrário de você, o que fiz ao lado da marmotagem foi mostrar minha cara, dizer que sei do que se trata e de quem se trata.

Pena que não se identificou, pois aí eu conseguiria também saber se você é mais um marmoteiro defendendo a marmota.

Faz um favorzinho para mim, tenha um pouco de dignidade e se apresente da próxima vez. Covardia não é adjetivo para ninguém, nem para um merda como você.

Abraços
Abelhuda
8)

Greenpeace